Sintetizando: Um Estudo em Vermelho, Arthur Conan Doyle

Saudações, meus caros nerds!  Falarei minha impressões de leitura de Um estudo em Vermelho, de Arthur Conan Doyle.

um estudo em vermelho

O autor:

welcome-ArthurConan

Arthur Ignatius Conan Doyle foi um escritor e médico britânico, nascido na Escócia, mundialmente famoso por suas 60 histórias sobre o detetive Sherlock Holmes, consideradas uma grande inovação no campo da literatura criminal. (Fonte: Wikipedia)

Sinopse:

O cadáver de um homem, nenhuma razão para o crime. É a primeira investigação de Sherlock Holmes, que fareja o assassino como um “cão de caça”. Lamentava-se de que “não há mais crimes nem criminosos nos nossos dias”, quando, nesse instante, recebe uma carta a pedir a sua ajuda — o cadáver de um homem foi encontrado numa casa desabitada, mas não há qualquer indício de roubo ou da natureza da morte. Sherlock Holmes não resiste ao apelo, mas sabe que o mérito irá sempre para a Polícia.
Um Estudo em Vermelho (1887), de Arthur Conan Doyle (1859- 1930), é a estreia de Holmes. A história foi editada pela primeira vez na revista Beeton’s Christmas Annual e logo fascinou inúmeros leitores, para quem o endereço do detective — 221B Baker Street, Londres — se tornou uma das ruas mais famosas da literatura. As deduções do investigador são narradas pelo seu amigo, o Doutor John Watson.

Opinião do Síntese Nerd:

Ao voltar ferido da guerra no Afeganistão, Dr Watson procura alguém para dividir o aluguel em Londres. Ao informar a um conhecido sobre a sua intenção, é apresentado a Sherlock Holmes, que coincidentemente também estava a procura de alguém com quem pudesse dividir o 221B da Baker Street. Assim somos apresentados a Holmes, do ponto de vista de Watson, que narra toda a história.

A incomum capacidade intelectual do detetive consultor inicialmente irrita o Dr, pois considera excesso de arrogância e certamente um exagero. Em um primeiro ponto, encara até mesmo com certo ceticismo as descobertas de Holmes. No entanto, no desenrolar dos fatos, vai ficando cada vez mais claro o verdadeiro talento desenvolvido pela mente brilhante do detetive, apesar de sua peculiar personalidade.

A escrita de Arthur Conan Doyle é agradável, mas difere um pouco do padrão dos romances policiais, construindo a história em duas partes. Assim, acompanhamos primeiramente o envolvimento de Sherlock Holmes no caso e depois temos uma narrativa da história para que possamos acompanhar o caso de um outro ponto de vista.

Certamente a originalidade de Doyle é o ponto que mais me agradou na leitura. A caracterização dos personagens, aos quais já estava habituada devido à incrível série da BBC, nos torna ainda mais próximos e envolvidos na história. Sem dúvidas uma das melhores leituras que fiz recentemente e espero ainda me surpreender durante este projeto.

Dica do Síntese Nerd:

Sherlock_bbc

Além, obviamente, de indicar a leitura das obras de Arthur Conan Doyle, indico também a série Sherlock da BBC. Confiram a resenha aqui: Sherlock.

Peguem suas lupas e chapéus, deixem um comentário e não se esqueçam de nos seguir nas redes sociais para acompanhar este projeto e ficar por dentro dos nossos posts.

Até a próxima!

Imagens de divulgação. Se alguma imagem utilizada for de sua autoria, entre em contato conosco.

4 pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s