Entrevista com a escritora Raquel Machado

A nossa entrevistada de hoje é a escritora Raquel Machado, autora de Vingança Mortal e, o mais recente lançamento, Histórias do Povo.

Raquel Machado é formada em Ciência da Computação e participa do mundo das artes desde criança, realizando apresentações de dança e teatro. Leitora compulsiva ministra desde 2010 o blog Leitura Kriativa onde divide suas impressões com os leitores. Em 2015, publicou seu primeiro livro Vingança Mortal, e dois anos depois lançou o livro coletivo A Escolha Perfeita. Encontrou nas antologias uma maneira de extrapolar sua criatividade e divulgar seu trabalho através de contos de terror e romance, culminando na organização da antologia Mascotes que teve seu lançamento na Bienal do RJ 2019. No mesmo ano, escreveu como autora convidada para antologia Saber Amar, publicada na plataforma do Cyber TV, vencedor de vários prêmios virtuais. No final de 2019 lançou junto com outros escritores o livro Trupe da Escrita – Compartilhando ideias, sonhos e experiências. Em 2020 lançou o livro Histórias do Povo, uma coletânea de contos divertidos e relacionados ao Cotidiano onde o leitor escolhe o final de cada conto. A autora reside em Caxias do Sul/RS, junto com seu marido e uma estante cheia de livros.

S.N.: Possui algum método de escrita, como organiza as ideias e quanto tempo dedica à escrita?

R.M.: Sempre fui muito criativa e gosto de deixar as ideias fluírem naturalmente. O mais engraçado é que depois de estudar algumas técnicas de escrita, acabei descobrindo que mesmo sem conhecer, acabo utilizando várias delas. Devo isso também a minha bagagem literária, afinal antes de escritora sou leitora e amo ler. Infelizmente a escrita é minha segunda profissão, então acabo dedicando menos tempo do que gostaria.

S.N.: Possui livros físicos ou apenas digitais? Sente que ainda há um certo preconceito por parte dos leitores com os e-books? E com a literatura nacional?

R.M.: Meus livros possuem os dois formatos. Livros físicos podem ser encontrados diretamente comigo, sempre gosto de ter alguns exemplares para mandar autografado para os leitores. Os livros digitais se encontram na Amazon e estão disponíveis gratuitamente no Kindle Unlimited. Com a pandemia, acredito que isso de preconceito com ebook acabou, até mesmo grandes editoras estão se adaptando a esse novo formato, não acredito que o livro físico não vai morrer, mas sim que o ebook ganhou o coração dos leitores. Nos últimos anos a literatura nacional tem crescido, o que me deixa extremamente feliz, pois sou uma das pessoas que levanta com orgulho essa bandeira.

S.N.: No seu processo de publicação independente, quais etapas costuma seguir, faz revisão, diagramação e capa por conta própria, ou prefere contratar freelancers?

R.M.: Costumo seguir as etapas necessária para publicação do livro: Betagem, Revisão, Diagramação, Capa, Contratação de ISBN, Registro da Obra, Plano de Marketing, etc. No meu último livro contratei freelancers para algumas delas e acredito que valeu a pena, a grande questão é ter o dinheiro para ser investido no momento.

S.N.: Quando do seu tempo é investido na divulgação do seu livro, e quais costumam ser os meios de divulgação? Acredita que as redes sociais, blogueiros/booktubers, ajudam a dar maior visibilidade às obras?

R.M.: Atualmente muito do meu tempo é tomado pela divulgação. Como recém lancei meu livro na Amazon tenho feito mutirões para divulgar em redes sociais. Mas, como comentei minha profissão principal não é essa, então costumo usar o meu tempo livre durante a noite para isso. Eu amo as parcerias com blogs, Instagrams literários, acredito que é uma das melhores coisas que nós escritores independentes podemos fazer para divulgar nossas obras.

S.N.: O que acredita ser a maior dificuldade de um autor independente?

R.M.: Para mim particularmente é o tempo. Como independente não é possível viver de vender livros, então acabo tendo que me dedicar a outra área que traz retorno financeiro (paga as contas). Assim, para dar conta de tudo é complicado.

S.N.: Quais as suas inspirações (livros, autores)?

R.M.: No cenário internacional sou muito fã da Diana Gabaldon, escritora da série Outlander, acho a escrita dessa mulher fantástica. No cenário nacional gosto muito da Carina Rissi.

Confira a sinopse de Histórias do Povo:

Você está pronto para definir a trajetória de vida dos personagens desse livro?Cotidiana é uma cidade que possui cidadãos peculiares e histórias interessantes. Através dos contos desse livro vamos conhecer esse lugar, seus moradores e suas ligações. De Janeiro a Junho, ficaremos em frente a questões amorosas, financeiras e morais e é você, leitor, que definirá o desfecho de cada uma delas. Com situações divertidas e baseadas em fatos reais, prepare-se para vivenciar com os personagens as decisões que enfrentamos no dia-a-dia. Embarque nessa aventura e surpreenda-se com o poder que escolhas simples podem ter sobre nossa vida.

Confira o trabalho da escritora em:

Site: https://raquelmachado2018.wixsite.com/escritoraquel


Instagram: @autora.raquel.machado

Facebook.com/escritoraraquelmachado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s