Resenha: Clube do Livro dos Homens

Hoje vamos quebrar algumas regras, a começar pela primeira: Não fale sobre o clube do livro. Mas eu preciso desabafar, pois essa leitura me decepcionou. Irei comentar algumas coisas sobre a história e tentarei não dar spoilers pesados, mas, se te incomoda saber qualquer coisa antes de ler, recomendo que volte a esta resenha mais tarde. Vamos falar sobre Clube do livro dos homens, de Lyssa Kay Adams.

Sinopse:

Gavin Scott é um astro do beisebol, devotado ao esporte. No auge de sua carreira, ele descobre um segredo humilhante: a esposa, Thea, sempre fingiu ter prazer na cama. Magoado, Gavin para de falar com ela e acaba piorando o relacionamento, que já vinha se deteriorando. Quando Thea pede o divórcio, ele percebe que o orgulho e o medo podem fazê-lo perder tudo. Bem-vindos ao Clube do Livro dos Homens Desesperado, Gavin encontra ajuda onde menos espera: um clube secreto de romances, composto por alguns dos seus colegas de time. Para salvar seu casamento, eles recorrem à leitura de uma sensual trama de época, Cortejando a condessa. Só que vai ser preciso muito mais do que palavras floreadas e gestos grandiosos para que Gavin recupere a confiança da esposa.

Eu disse que algumas regras seriam quebradas, então vamos lá. Primeiro falemos sobre o clube do livro, que quase não parece um clube do livro. Parece um grupo de autoajuda que, ao invés de ler Augusto Cury, resolveu ler Lisa Kleypas (e quero deixar claro que não estou desmerecendo nenhum dos dois autores aqui) e usar os “ensinamentos” para ajudar Gavin.

Uma regra que costuma ser seguida quando se deseja construir uma boa história é não jogar elementos ao acaso e deixá-los esquecidos em algum momento da trama. Mas a autora não parece ter se importado muito com isso (ops!).

“A revolta contra o latte de abóbora com especiarias é um exemplo de como a masculinidade tóxica permeia até as coisas mais mundanas. Se as mulheres gostam de alguma coisa, a sociedade debocha delas automaticamente. O mesmo acontece com os romances. Se as mulheres gostam, é porque devem ser ridículos, né?”

Tem uma série de posts aqui no blog sobre escrita e um deles, que fala sobre o que é necessário para um livro ser considerado bom, cita os diálogos. Pois chegou ao meu conhecimento que há uma “regra” afirmando que os diálogos devem parecer naturais e espontâneos, mas encontramos muitas frases de efeito que soam completamente artificiais em diversos momentos do texto (ops! 2)

A verdade é que eu conseguiria elencar uma série de temas importantes que poderiam ter sido abordados durante a história (cujo início realmente me levou a acreditar que seriam abordados), sem que o livro perdesse o tom leve e ligeiramente cômico. Não que todo livro precise ser profundo e gerar grandes reflexões, mas dá dó de ver tanto potencial sendo desperdiçado com um desfecho meia-boca. 

“Tudo pelo que um personagem passou antes do início do livro vai determinar como ele reage às outras coisas que acontecem durante o livro.”

Como leitura sem grandes expectativas, apenas para passar o tempo, ou caso você esteja muito curioso sobre a história, talvez funcione. Mas não faça uma análise muito profunda ou espere algo grandioso. Clube do livro dos homens é apenas superficial e, mesmo com tantas frases de efeito feministas, reforça alguns estereótipos ultrapassados.

Sobre a autora:

LYSSA KAY ADAMS leu seu primeiro romance ainda bem nova e foi fisgada para sempre. Após uma longa carreira como jornalista, realizou o sonho de ver suas histórias publicadas. Ela escreve em tempo integral em sua casa no Michigan com a assistência de seu cachorro, Domino, que passa a maior parte do tempo roncando na escrivaninha. Clube do Livro dos Homens foi eleito pela Amazon o melhor romance de 2019.

Ficha de leitura:

Livro: Clube do Livro dos Homens

Autora: Lyssa Kay Adams

Editora: Arqueiro

Páginas: 320

Nota: 3/5⭐

Comprar: Amazon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s